quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Transparência


  Impossível falar de meu trabalho sem falar de mim mesma.  Minha arte não tem o aval de uma instituição de ensino, pois tudo o que faço é resultado da observância seletiva que faz parte de minha essência.  Fiz um pacto com a existência ao nascer. Acertamos que eu aceitaria meus algozes como um elo propulsor, em troca de liberdade de inspiração e emoção. Tudo a meu bel prazer.  Desde então, alforriei minha alma.
   Sendo assim, venho construindo um mundo paralelo em que vivo uma realidade efêmera.  Tenho registros em meu DNA espiritual que vou resgatar nas próximas vidas, conforme meu merecimento.
   Gosto deste particular em mim.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...